CONTORNO CORPORAL

PLÁSTICA DE BRAÇOS E COXAS

CONTORNO CORPORAL: BRAQUIPLASTIA

O contorno dos braços tem sido cada vez mais valorizado pelas novas tendências da moda e pela popularização dos esportes ao ar livre. Com o passar dos anos, o envelhecimento natural dos tecidos e as variações de peso podem produzir depósitos de gordura e /ou flacidez de pele concentrados nas faces lateral e posterior dos braços. O resultado é um aumento da circunferência do membro com perda da definição muscular, prejudicando o contorno estético.

O tratamento cirúrgico desta região teve considerável evolução nos últimos anos, principalmente após a inclusão da lipoaspiração como opção em casos selecionados. Atualmente é possível rejuvenescer os braços com excelentes resultados utilizando as várias técnicas disponíveis, oferecendo significativa melhora do contorno com cicatrizes cada vez menores.

A escolha da técnica cirúrgica para o rejuvenescimento dos braços depende fundamentalmente do tipo de alteração presente em cada caso. Em pacientes com aumento da circunferência devido exclusivamente ao acúmulo de gordura, a lipoaspiração tem oferecido resultados excepcionais graças à intensa capacidade de retração da pele nesta região.

Em pacientes portadores de flacidez de pele significativa, a utilização da lipoaspiração tenderá a acentuar o problema, pois esta pele já não possui capacidade de retração. Este tipo de alteração pode ocorrer devido a grandes variações de peso, como em pacientes obesos submetidos a cirurgias redutoras do estômago. Os melhores resultados em termos de contorno nestes pacientes podem ser obtidos empregando o lifting braquial, que consiste da retirada dos excessos de pele através de uma incisão localizada ao longo do sulco da face interna do braço.

Anestesia

A anestesia geral é a mais utilizada para esse procedimento. Quando a área de lipoaspiração é pequena, ou se a retirada de pele é de menor extensão, pode ser realizada com anestesia local associada à sedação.

Recuperação

Pacientes submetidos ao lifting braquial devem permanecer em repouso por 7 a 10 dias, sendo que os braços devem ser mantidos elevados e apoiados para minimizar o edema. Recomendamos evitar movimentos excessivos ou atividade física durante os primeiros 2 meses para permitir a cicatrização dos tecidos sem alargamento das cicatrizes.

Assim como na lipoaspiração, cintas apropriadas devem ser usadas durante as primeiras 4-6 semanas, visando acelerar a reabsorção do edema e a obtenção de melhor resultado final. Quando necessário, os pontos costumam ser removidos após 14-21 dias.


CONTORNO CORPORAL: LIFTING DE COXAS

O contorno da face interna das coxas é importante em países onde o clima permite a exposição freqüente do corpo e das pernas. Infelizmente, o processo natural do envelhecimento e as grandes variações de peso, influenciados pela ação de hormônios, podem gerar depósitos de gordura localizada na face interna das coxas. Além disso, pode haver flacidez depele no local. Estas alterações podem resultar em assaduras e principalmente desconforto estético, influenciando os hábitos de lazer realizados ao ar livre. Felizmente, a cirurgia plástica pode ser capaz de melhorar o contorno desta região.

A cirurgia da face interna das coxas deve ser adequada às alterações presentes em cada caso. Em pacientes com gordura localizada e sem flacidez de pele, a lipoaspiração pode ser suficiente para harmonizar o contorno local. Quando há flacidez de pele significativa, pode sernecessário realizar o lifting crural para maximizar os resultados. Nestes casos, a utilização exclusiva da lipoaspiração tenderá a acentuar a flacidez, sendo contra-indicada.

O lifting crural é realizado através de incisões de tamanho variável localizadas exatamente no sulco da virilha. Após determinar e remover os excessos de pele da face interna das coxas, o cirurgião deve executar o fechamento da incisão com extremo cuidado para evitar o alargamento da cicatriz durante o pós-operatório e distorções da região genital. Naturalmente, a extensão das cicatrizes é diretamente proporcional ao grau de flacidez presente.